HIPNOTERAPIA

HIPNOTERAPIA 

  • O que é hipnose?
  • A hipnose é um estado natural ou artificial, contra-natura?
  • Há perigo em ser hipnotizado?
  • Está-se a dormir enquanto se está hipnotizado?
  • Há mudanças fisiológicas durante a sessão de hipnose?
  • Qual a diferença entre hipnose e auto-hipnose?
  • Todas as pessoas são hipnotizáveis?
  • Em que situações pode a hipnose ser útil?
  • Será preciso “ter um dom” para hipnotizar?
  • Podem levar-me a fazer algo contra a minha vontade, em estado hipnótico?
  • Há algum suporte científico da hipnose?
  • Pratica-se noutros Países?
  • Posso tratar todos os meus problemas com a hipnose e deixar de ir ao médico?

Respostas

O que é hipnose?

o estado hipnótico é um estado alterado de consciência… mas se isto lhe diz pouco, vejamos um exemplo: um amigo que não vê há muito vai chegar a sua casa dentro de pouco tempo; enquanto o espera, senta-se numa cadeira e começa a imaginar as primeiras conversas do reencontro… está num estado hipnótico…  dizem-lhe que “está na lua”… está num transe hipnótico ligeiro…

A hipnose é um estado de consciência alterada, semelhante ao “transe”.  O estado de transe hipnótico é um estado de concentração profunda e absoluta, durante o qual o indivíduo sente um profundo relaxamento fisico e emocional.e foca a sua atenção no que lhe é dito, mantendo-se sempre consciente, nunca  fazendo nada contra a sua vontade, nem alterando em nada a sua “maneira de ser” ou a sua personalidade.

A hipnose é um estado natural ou artificial, contra-natura?

É tão natural que provavelmente o experimentamos várias vezes ao dia, sem sequer darmos por isso… quando “estamos na lua”, quando estamos profundamente concentrados num filme, até mesmo quando… chegamos via auto-estrada ao Porto ou ao Algarve, sem nos lembrarmos de ter passado em determinado local… a esse estado Milton Erickson chamava “common everyday trance” e é esse estado que a hipnose terapêutica reconhece e amplifica… como é um estado natural, cuja fruição todos temos, todos podemos beneficiar da sua utliização.

Há perigo em ser hipnotizado?

A hipnose em si, como fenómeno, é perfeitamente inofensiva. A hipnose é um estado natural de atenção interior, comum ao género humano, e do qual portanto todas as pessoas podem beneficiar.

Está-se a dormir enquanto se está hipnotizado?

A pessoa em estado modificado de consciência fica perfeitamente desperta do princípio ao fim duma sessão de hipnose.

Há mudanças fisiológicas durante a sessão de hipnose?

Em transe acontecem mudanças fisiológicas que foram pesquisadas e analisadas a nível médico, como por exemplo:

relaxamento do sistema muscular;

abrandamento do ritmo cardíaco;

ligeira diminuição  da pressão arterial.

respiração regular e mais lenta.

Qual a diferença entre hipnose e auto-hipnose?

Geralmente, a “hipnose” ocorre na interacção entre um “hipnotizador” e um “hipnotizado”; tratando-se, como é o caso, duma técnica simples e natural, é de toda a conveniência, e indicado em muitas situações, que a pessoa aprenda a fazer no conforto da sua casa alguns exercícios sem ajuda de ninguém.

Todas as pessoas são hipnotizáveis?

Segundo alguns especialistas, o estado de ligeiro transe pelo qual passamos todos os dias (… quando nos concentramos profundamente em algo, ou “estamos na lua”…) é mesmo indispensável ao bem estar de todas as pessoas. Se o desejar, e com a ajuda dum hipnoterapeuta, pode conhecer o seu grau de hipnotizabilidade, e explorar as vantagens das suas próprias capacidades naturais.

Em que situações pode a hipnose ser útil?

Além das que aqui indico, há muitas outras utilizações da hipnose – estas são as mais comuns:

 

  • Consumo de Tabaco – eliminação de hábito
  • Controlo de Peso – alteração de hábitos alimentares
  • Insónia
  • Melhoria na Prática de Desporto
  • Ataques de Pânico
  • Ansiedade
  • Stress
  • Aumento de auto-confiança
  • Medos e Fobias
  • Preparação para Exames
  • Melhoria em apresentações para audiências
  • Hábitos e Vícios (ex.: roer as unhas, noctúria…)
  • Problemas de Auto-Confianca/Auto-Estima
  • Sofrimento, situações emocionais dolorosas

Será preciso “ter um dom” para hipnotizar?

O método é simples, acessível a todos por aprendizagem. Como tudo, requer dedicação, estudo, e “envolvimento”.

Podem levar-me a fazer algo contra a minha vontade, em estado hipnótico?

Pelo contrário, em estado hipnótico aumenta a sua capacidade de controle de si próprio – aumenta a sua memória, o seu controlo emocional, a sua criatividade… e está sempre perfeitamente desperto!

Há algum suporte científico da hipnose?

Há vários trabalhos publicados, na imprensa científica, embora nem todos perfeitamente conclusivos – mas mesmo os que são menos conclusivos, apontam para a necessidade de se investigar melhor esta área, visto que há resultados que apontam alguns benefícios resultantes da prática da hipnose. Em suporte científico encontrará a indicação de alguns trabalhos.

Recomendo o site do    The National Center for Biotechnology Information    onde poderá encontrar muitos estudos publicados por investigadores credenciados, associados a várias universidades, pesquisando por palavras chave relacionadas com o tema que lhe interessar.

Pratica-se noutros Países?

Certamente, pelo menos em Inglaterra, França, Estados Unidos… ver por favor, o site do

Milton Erickson Foundation    e também  o site do     London College of Clinical Hypnosis

e se quiser aprofundar o tema, pesquise nos dois livros indicados abaixo:

Hartland’s Medical & Dental Hypnosis, D. Waxman

Clinical and experimental hypnosis, W. S. Kroger

Posso tratar todos os meus problemas com a hipnose e deixar de ir ao médico?

CLARO QUE NÃO!  A hipnose não é, em situação nenhuma, a “panaceia universal” — haverá situações em que pode ser útil como coadjuvante de algumas terapêuticas convencionais mas deve sempre consultar o seu médico, como habitualmente. Se estiver com acompanhamento psiquiátrico deverá informar o seu médico que pretende usar a hipnose como processo terapêutico e aguardar pela respectiva opinião.

João Paulo

http://hipnoestoriltoril.wix.com

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s