CONSULTA HIPNOTERAPIA CLÍNICA TRANSPESSOAL, REGRESSIVA

Tratamentos Hipnose

Deixar de Fumar
• Depressão
• Ansiedade
• Fobias e Medos
• Ataques de Pânico
• Anorexia / Bulimia
• Luto / Perda
• Despedida Espiritual
• Divórcio / Separação
• Baixa Auto Estima e Amor Próprio
• Condicionamentos e/ou Comportamentos Sexuais
• Problemas de Relacionamento
• Controlo de Peso
Banda Gástrica Hipnótica
• Procrastinação Psicopatologias
• Destraumatização
• Reativar Sentimentos Namoro (p/casal)
• Reativar a Líbido
• Libertação Problemas do Inconsciente
• Encontro com Cristo
• Cura através de Cristo
• Doenças Degenerativas
• Alteração de Emoções e Comportamentos
• Obsessões / Compulsões
• Melhoria da Concentração
• Regulação do Sono
• Coerência Cardíaca
• Gestão da Dor
• Cura da Criança Interior
• Regressão a Vidas Passadas

A Hipnoterapia é uma abordagem natural e segura, que facilita a identificação e ativação dos recursos internos do paciente, com a sua colaboração ativa.
O terapeuta deve ser encarado como um facilitador, que poderá ajudar no seu processo de mudança e de promoção do seu desenvolvimento e equilíbrio mas a resposta/solução está em si.

Se não se permitir envolver, se não aceitar participar e libertar a sua imaginação de forma a poder experienciar as sugestões, nada acontece!
Não vai dormir, apesar de poder parecer que sim. De facto, o seu corpo poderá ficar muito relaxado, muitas vezes imóvel, como se estivesse a dormir, mas a sua mente estará particularmente focada e ativa. A hipnose não é igual ao sono e não vai ficar inconsciente.

Há de facto uma alteração do estado de consciência, mas terá a noção do que está a acontecer!
Não irá fazer ou dizer nada contra a sua vontade.

Se por qualquer razão desejar sair do estado hipnótico, pode fazê-lo, simplesmente abrindo os olhos. Porque não há perda de consciência, tem sempre o controlo e ao despertar recordará o que aconteceu durante a sessão.

 

A Hipnose Transpessoal, atua nos vários niveis de consciência, permitindo ao paciente o contacto com a sua verdadeira identidade. A visão da hipnose transpessoal, é a de um todo integrado e em harmonia, permitindo ao paciente trabalhar em si e na sua essência, alcançando níveis de bem estar e de saúde psicológica impossíveis de alcançar com os métodos convencionais da psicologia comportamental, cognitiva, psicanalitica ou até humanista.
Como muito bem define um dos criadores da Psicologia Transpessoal, esta tem como objeto de estudo os estados de consciência que transcendem a pessoa além do conceito do ego. Pode afirmar-se que pesquisa, num nível científico, a espiritualidade, com os diversos significados que esta assume para cada indivíduo e os diferentes caminhos para a viver, ou até mesmo a sua
ausência.
Importa salientar que a Psicologia Transpessoal não tem nada a ver com religião, nem com “parapsicologia”, apesar de estudar e investigar estes aspectos da experiência individual quando tal se revela necessário e eficaz no processo terapeutico.

 

A Terapia Regressiva procura ir à origem do problema do paciente, seja ele do tempo desta vida, da vida intra-uterina, duma vida passada ou do tempo entre vidas. Na Terapia Regressiva trabalha-se com os chamados “estados alterados de consciência”, embora o paciente esteja consciente durante o tratamento. Se aceitarmos que alguns dos nossos sofrimentos e conflitos atuais são consequência das nossas ações do passado, ao revivermos o passado descarregamos as emoções que nos ligam a esses momentos, ressignificando e libertando-se desses condicionalismos e encontrando os meios para a integração e equilíbrio de todas as experiências.

Utilizando memórias inconscientes e físicas de factos passados para solucionar problemas e dificuldades que se manifestam no momento presente, a Regressão apresenta-se como ferramenta de precisão cirúrgica no caminho do auto-conhecimento e equilíbrio da vida no presente.

Durante a regressão, o paciente encontra-se num estado alterado de consciência e totalmente focado na sua experiência, mas continua consciente,  lembrando-se de tudo o que ocorre durante a sua experiência.

 

A hipnose, conduzida até estágios mais profundos, é utilizada em casos específicos. Na maioria das vezes a regressão dá-se rapidamente através do foco numa emoção que provoca um ou mais sintomas físicos. Há tantas formas de regredir como pessoas e cada caso é um caso único. Há pessoas que visualizam claramente enquanto que outras constroem as imagens com base em sensações ou em pensamentos que surgem durante o processo. Para algumas é necessário o relaxamento enquanto que para outras resulta melhor a intensificação da tensão.

O uso das técnicas indutivas permite que o paciente mantenha-se plenamente consciente durante a regressão. Este estado de plena consciência ajuda, e muito, a atingir a cura. Muitas vezes o passado continua a projetar-se no presente produzindo sofrimento e dificuldades. Nestes casos, o motivo para recordar e reviver o passado é justamente conseguir com que o mesmo deixe de atuar negativamente na vida da pessoa, o que implica consciência cognitiva.

No processo terapêutico, a recordação e revivência do passado são o primeiro momento. O segundo momento é ajudar a mente a ressignificar a experiência e a reorganizar-se. É com esta ressignificação e reorganização que conseguimos atingir os resultados positivos.

Terapeuta: José Ribeiro